Perguntas e respostas 2 – Respondemos mais dúvidas do Seguro Agrícola Markel

A complexidade e a quantidade de informações contempladas em uma apólice de seguros podem gerar diversas dúvidas. Por isso, nossa equipe respondeu algumas das questões mais comuns neste post blog, pensando em facilitar ainda mais o entendimento de quem deseja contratar ou de quem irá vender o Seguro Agrícola Markel.

Nesta segunda parte, separamos perguntas importantes sobre o tema da precificação do seguro.

Vamos começar!

 Na modalidade de seguro “Plante Tranquilo”, será considerado o preço futuro da cultura?

Não. Nosso seguro protege exclusivamente o que foi declarado como custo de produção. O preço considerado é aquele do dia da contratação e que está descrito na apólice. No futuro, se o produtor colher a menos, a cultura coberta será paga em dinheiro de acordo com o preço do contrato. Existem outros instrumentos que garantem o preço da venda antecipada.

 Os preços das culturas são considerados de acordo com a região?   

Depende. Se o produtor trabalhar com um preço que pode ser aferido ou um valor próximo ao da região, não há problemas em ele ser considerado. Só não será considerado se for um preço muito fora da média do mercado.

 Qual as variáveis que influenciam o valor do seguro?

Esse valor tem diversas variáveis. Depende da localização, da tecnologia, da série histórica de produtividade, entre outros fatores. A Markel criou um mecanismo de precificação mais aderente à realidade, em que o produtor fornece os dados e, a partir dessas informações, a seguradora formulará o cálculo do prêmio.

As perguntas contemplaram algumas de suas dúvidas? Se deseja saber mais sobre os assuntos que dizem respeito ao agronegócio, acesse o nosso blog e fique atento às novidades.

Se ainda tiver dúvidas, entre em contato com nossa equipe CLICANDO AQUI.

Caso não tenha perdido, leia o episódio anterior sobre as principais dúvidas em relação ao Seguro Agrícola Markel, clicando no botão abaixo: